diminuir consumo de combustível

Descubra como diminuir o consumo de combustível

Para muitos frotistas, diminuir consumo de combustível dos caminhões é uma missão prioritária. Isso porque essa demanda representa uma boa parcela dos gastos operacionais do negócio. Sem falar que estão ligadas à probabilidade de conseguir maior ou menor lucro no faturamento.

Independentemente de gerenciar poucos ou muitos veículos pesados, é perfeitamente possível adotar boas práticas para economizar com diesel e nos custos operacionais a fim de direcionar o dinheiro poupado para fazer investimentos de melhoria ou expansão.

Pensando nisso, elaboramos este conteúdo com as melhorias dicas para diminuir o consumo de combustível. Confira!

Fatores que levam ao consumo excessivo de diesel

Algumas situações levam ao consumo exagerado de diesel pela frota. Conheça as principais causas:

  • excesso de carga: força o motor a “beber” mais para direcionar o caminhão e a carroceria com carga excedente;
  • pneus descalibrados: pneus são um perigo para o seu bolso, pois além de se desgastarem rapidamente, elevam o consumo por conta da dificuldade de distribuir o peso do veículo enquanto corre;
  • alta velocidade: o limite para garantir eficiência e economizar com o derivado do petróleo é entre 80 – 90 km/h para caminhões carregados.

Dicas para amenizar o consumo de combustível da frota

Conheça as melhores recomendações para economizar com combustível.

Estimule a adoção de boas práticas

Contrate profissionais responsáveis e estimule o uso da direção defensiva e econômica. Promover treinamentos é a melhor forma de instruir os caminhoneiros com eficiência, prevenindo ações arriscadas, que podem causar acidentes, comprometer os veículos e aumentar os gastos com consertos.

Conheça as boas práticas que sua equipe deve realizar:

  • não usar o ponto morto: ao contrário do que muitos pensam, essa conduta compromete a eficiência dos freios e não economiza diesel;
  • engatar as marchas no momento ideal: trocar de marcha na hora certa evita acelerações desnecessárias ou a perda brusca de velocidade;
  • evitar o uso constante da marcha lenta: essa condição aumenta o consumo e pode prejudicar o motor do caminhão;
  • encher o tanque à noite ou pela manhã: quando o sol está muito quente, o combustível se expande no compartimento que fica no subsolo do posto. Portanto, escolha o horário com temperatura mais amena para abastecer. Assim, o litro abastecido será precisamente um litro, por exemplo;
  • dirigir com segurança: conduza dentro da marca verde do conta-giros, em rotações econômicas e cumprindo os limites de velocidade.

Diminua a resistência do ar

Além de deixar as janelas fechadas para amenizar a resistência do ar, existem outras técnicas para reduzir a força do vento no sentido oposto ao caminhão a fim de reduzir o consumo de combustível.

Uma boa prática é descobrir a velocidade ideal de tráfego do veículo, geralmente informada no manual do proprietário. Por exemplo, a partir de uma certa velocidade, que varia conforme o porte e o modelo do caminhão, ele tende a gastar mais. Para evitar esse desperdício, calcule a média de diesel gasto por trecho, com base na velocidade percorrida.

Importante! Componentes como defletores de ar e calotas nas rodas podem ser instalados para amenizar a resistência do ar.

Deixe a manutenção dos veículos em dia

É importante manter os caminhões da sua frota em bom funcionamento, conferindo a necessidade de trocar fluido do motor, filtros (ar, combustível e óleo, pois os resíduos podem aumentar o consumo) e o funcionamento dos sistemas mecânico e elétrico.

Um motor que sofre para funcionar consome diesel de forma desregulada e exige reparos corretivos, o que aumenta os gastos. Providencie as revisões periódicas no tempo certo e faça as manutenções preventivas necessárias para economizar.

Calibre os pneus regularmente

Calibrar pneus a cada semana é uma boa prática. Se mal calibrados, sofrem muito para movimentar o caminhão, forçando o motor e a demanda por combustível. Para evitar esse descuido, siga as recomendações do fabricante sobre a pressão ideal para esses componentes. E, caso o veículo esteja com a carga máxima, a calibragem deve ser feita de acordo.

Planeje melhor as rotas

É importante planejar as rotas corretamente. Um bom trajeto precisa apresentar uma distância reduzida entre o ponto de partida e o destino final a fim de economizar com as idas ao posto de combustível.

Além disso, é importante estudar as condições das estradas, pois dirigir em uma rodovia mal conservada, cheia de buracos pode causar diversos prejuízos (atrasos, acidentes e gastos desnecessários). Uma boa gestão de roteiro pode diminuir o consumo de diesel em até 40%.

Selecione os melhores postos

Abasteça sua frota nos melhores estabelecimentos. Pesquise sobre a reputação desses postos na internet e entreviste transportadoras e caminhoneiros para saber se vendem combustíveis de qualidade e são confiáveis. É importante passar um pente fino para ter certeza de que seu dinheiro está sendo bem gasto.

Analise o custo-benefício e feche contrato com fornecedores de confiança. Fidelize-se em locais específicos para gerar economia em suas operações de carga e descarga.

Renove a frota na hora certa

É importante saber até quando manter caminhões antigos na sua frota. Motores velhos, com quilometragem muito alta ou que já passaram por consertos frequentes geram grandes prejuízos.

Para fazer uma análise convincente, calcule o consumo de diesel por km. Depois, multiplique esse gasto pelas viagens que o veículo costuma fazer e analise se, no longo prazo, a decisão mais inteligente é mantê-lo na sua transportadora. Aproveite esse momento para pesquisar sobre veículos novos e seminovos em concessionárias a fim de definir a melhor alternativa para o seu negócio.

Faça um controle de quilometragem

Para complementar as recomendações anteriores, realize o controle de quilometragem para descobrir quais caminhões estão rodando mais do que os outros. Elabore um rodízio para que todos viagem na mesma média, eliminando quebras precoces de componentes e sistemas. Isso garante mais uniformidade ao funcionamento do negócio.

Ao agir dessa forma, os veículos serão menos exigidos individualmente, garantindo um desempenho médio. Adicione a manutenção preventiva a esse processo e será fácil definir as paradas de cada máquina para executar o serviço sem impactar a produtividade e o rendimento das operações logísticas.

E então, o que achou das dicas de como diminuir consumo de combustível da sua frota? Esperamos que elas sejam de grande utilidade para preservar seus caminhões, garantir a eficiência dos serviços de transporte e superar a concorrência entre empresas de frete.

Se você achou este conteúdo útil e deseja acompanhar as novidades do nosso blog, assine a nossa newsletter!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.