eficiência de máquinas

7 dicas para manter a eficiência de máquinas

Seja na indústria, na mineração ou na construção, manter a eficiência de máquinas é uma providência indispensável. Afinal, ela ajuda a garantir mais segurança e qualidade em todos os processos.

Com isso, a produtividade do negócio aumenta consideravelmente. Você tem mais lucratividade e pode fazer novos investimentos em tecnologia, maquinário e outras áreas que precisem de inovação.

Mas, afinal, como manter essa questão em dia? Confira as dicas que separamos e organize-se para colocá-las em prática!

1. Utilize sempre peças originais

Um dos principais pontos que ajuda a conservar a eficiência de máquinas é o uso de peças originais. As peças originais apresentam material e tecnologia de maior qualidade, o que significa uma redução significativa nos custos operacionais do equipamento.

Desconfie de itens muito mais baratos e considerados como genéricos. Usá-los pode trazer muitos prejuízos e até mesmo perdas na produção. O ideal é respeitar as orientações do fabricante para substituições.

Peças originais ainda asseguram o padrão de qualidade, já que possuem testes rigorosos para suportar as condições. Além disso, a garantia do fabricante é sempre superior aos concorrentes paralelos.

Vale reforçar que as peças produzidas pela fábrica foram feitas para aquele modelo de máquina, pensada para tal propósito — de forma que garantem a qualidade e a durabilidade do componente.

2. Faça a manutenção preditiva

A modalidade preditiva é um tipo de manutenção que consegue prever a vida útil de uma máquina. Ela analisa indicativos que demonstram possíveis alterações em sua operação. Por exemplo, se ela gasta determinada quantidade de óleo para funcionar e de repente esse número aumenta, podemos ter um problema no equipamento.

As inspeções são feitas diariamente em componentes considerados vitais para seu funcionamento. Tudo também fica devidamente registrado, para acompanhar a conservação do equipamento ou a evolução de uma situação que pode vir a se tornar um problema.

Essa é uma forma de evitar acidentes, erros de produção e atrasos na entrega, além de contribuir para a conservação das máquinas.

3. Mantenha a limpeza em dia

Outro fator importante para manter a eficiência de máquinas é a limpeza. Sem ela, haverá um grande acúmulo de sujeira, poeira e demais detritos. Que, por sua vez, causam desgastes externos, falhas na regulagem e interrupções não programadas.

A higienização completa ainda permite que defeitos sejam visualizados com maior facilidade. Dessa maneira, é possível prevenir anormalidades e evitar o uso caso alguma impureza surja de última hora.

Além disso, o trabalhador responsável por aquela máquina adquire senso de propriedade em relação a ela. Isso significa será mais fácil evitar negligências e a má funcionalidade do equipamento.

4. Respeite os limites do maquinário

Tente, ao máximo, respeitar os limites do maquinário. Se ele suporta apenas determinada carga ou realiza certa função, atenha-se a isso. Nunca exceda a potência, o peso ou destine a máquina para outros fins.

É importante também treinar seus funcionários para perceberem qualquer coisa anormal no dia a dia. Como, por exemplo, algum som diferente ou um desempenho mais lento.

Esses são alguns dos sinais de que as máquinas já estão em seu limite e devem passar por manutenção. O quanto antes isso for feito, mais fácil será conter um possível estrago.

5. Não se esqueça da manutenção preventiva

É de suma importância realizar também um planejamento de manutenção preventiva para atestar a eficiência de máquinas. Ele deve ser feito individualmente para cada máquina dentro da empresa, visto que elas têm funções e tempo de utilização diferentes. Compete observar que o fabricante informa as principais trocas no manual.

O planejamento inclui um cronograma para realizar reparos usuais. Como, por exemplo, lubrificações, inspeções, limpeza, troca de peças e afiações de serras. Sempre que uma checagem for feita, é fundamental registrar a data em uma planilha.

Assim, ficará mais fácil estimar em quanto tempo as atividades deverão ser feitas novamente. O operador da máquina também deve estar ciente desses períodos, não apenas para fazer o devido encaminhamento do equipamento, mas para organizar seu trabalho de acordo com a disponibilidade de uso no dia.

6. Acompanhe periodicamente a eficiência de máquinas

Você pode acompanhar o desempenho das máquinas na prática. Afinal, elas estarão em uso no dia a dia e você saberá quando entrarão em atividade após uma manutenção, por exemplo.

Existem softwares e sistemas de gestão de equipamentos que auxiliam na atividade. É possível monitorar frotas online, registrar dados sobre a qualidade das máquinas, entre outras atividades importantes para a segurança e a produtividade de sua atuação.

Essa é uma oportunidade, inclusive, de modernizar o negócio. Contar com a tecnologia agiliza processos e traz mais precisão para as entregas. O cliente final fica mais satisfeito e você tem organização e controle total sobre o que acontece em sua produção.

7. Utilize a fórmula correta para entender o desempenho da máquina

Em geral, uma máquina industrial ou agrícola fica ligada por cerca de 8 horas. É nesse período que seu desempenho e sua eficiência ficam devidamente registradas. Alguns modelos contam com horímetro — mas se trata de um indicador estimado, pois depende também de outros indicadores.

Para entender realmente qual é a eficiência do maquinário, uma fórmula matemática simples pode ser utilizada. Ela se dá da seguinte maneira:

eficiência da máquina = tempo que ela realmente trabalhou/tempo total ligada

Levando-se em conta que:

tempo total ligada = tempo que ela realmente trabalhou + soma dos tempos de paradas + soma dos tempos de manobra

Alguns dispositivos com GPS ajudam a se chegar a esse número e podem ser usados também. O importante é acompanhar o resultado de perto e repetir o cálculo sempre que necessário. Diante de grandes alterações, a troca da máquina pode ser necessária.

Como você pôde visualizar, a eficiência de máquinas deve ser mantida e acompanhada de perto. Essa é uma ação indispensável para que você continue a atender suas demandas com agilidade e a fazer entregas pontuais. Além de trazer mais segurança para os operadores e para o armazenamento de produtos.

Não deixe esse cuidado de lado! Mas se tiver dificuldades em administrá-lo, conte com nosso time de especialistas para tirar suas dúvidas, dar orientações e ajudar no acompanhamento para melhor performance dos seus equipamentos. Temos as melhores peças e produtos do mercado para que seu maquinário continue a demonstrar um alto desempenho. Entre em contato conosco, será um prazer ajudá-lo!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.