expandir frota de caminhões

Quer expandir a sua frota de caminhões? Saiba o que considerar!

Para as pessoas que trabalham com frota de veículos, é importante avaliar se chegou o momento de aumentá-la. O crescimento da empresa se faz necessário muitas vezes com mais investimento na frota. Afinal, o aumento de demanda de contratos e a renovação da frota atual estão entre as principais razões para a expansão da frota de caminhões.

No entanto, por outro lado, é necessário considerar também que rodar com veículos ultrapassados envolve riscos e pode ser uma ameaça à segurança de pessoas e das cargas. De acordo com o Sindipeças (Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores), os caminhões devem ser substituídos após 5 a 8 anos de uso.

Além disso, uma frota renovada garante mais eficiência e, portanto, entregas dentro do prazo, o que é fundamental para satisfazer ao cliente. Vejamos o que você deve considerar quando o assunto é expandir frota de caminhões!

O que considerar para expandir frota de caminhões?

Quais são os pontos mais importantes que devemos considerar para expandir frota de caminhões? Veja a seguir!

Aumento da demanda

Muitas vezes, as necessidades de sua empresa aumentam e exigem mais do negócio. Nessas situações, a aquisição de um ou dois veículos a mais pode ajudar muito e ser um grande diferencial. Quando os produtos realmente contribuem para aumentar a produtividade e atender à demanda, a sua compra representa um bom investimento.

Lembre-se de que, apesar do dinheiro aplicado na aquisição e dos custos de manutenção, o caminhão dará suporte à empresa, preenchendo a lacuna que existe e o retorno de seu investimento tende a ocorrer em um período mais curto, na forma de mais lucros e de economia.

Antes de decidir comprar novos veículos, é necessário verificar se a produtividade da frota atingiu o seu máximo ou se é possível recorrer a estratégias que ainda não foram empregadas, incluindo, principalmente, as tecnologias digitais.

Renovação de veículos

Como já falamos na introdução, o tempo de rodagem máxima de um caminhão deve ficar entre 5 e 8 anos. Acima desse período, o frotista já correrá grandes riscos em permitir que os seus caminhões circulem pelas rodovias e estradas em geral. Caminhões que são muito usados e enfrentam com frequência condições muito duras de trabalho e rodagem certamente chegam ao fim de sua vida útil mais rapidamente.

Ainda conforme o Sindipeças, os caminhões do Brasil vêm rodando, em média, um período de 11 anos e 4 meses. O Sindicato considera essa média arriscada para as empresas e para os condutores. É bom lembrar que frotas próprias costumam apresentar idade média menor que os caminhões dos motoristas autônomos.

Assim, veículos obsoletos estão mais propensos a se envolver em acidentes nas rodovias, prejudicando o motorista, a carga, a vida e o patrimônio de terceiros. Existem cargas perigosas e/ou pesadas que realmente podem causar grandes estragos em um tombamento.

Quando os gastos com a manutenção superam um quinto do valor dos caminhões, não é vantagem para a empresa permanecer com eles. Adquirir novos significa, nesse caso, evitar prejuízos.

Aproveitamento de novas oportunidades

Outro fator a considerar quando falamos em expandir frota de caminhões é a possibilidade de aproveitar novas oportunidades, como atender a novos clientes ou abrir uma filial.

Se a empresa tem certeza de que pode realmente crescer, adquirir novos veículos significa um bom investimento, pois pode ampliar a sua área de atuação e aumentar os seus lucros. Mas é importante fazer projeções e analisar se a oportunidade realmente oferece vantagem em longo prazo ou se será algo temporário.

Agilidade nas entregas

Se a sua empresa não está com previsões relevantes de crescimento em relação ao tamanho, você deve considerar que melhorar a produtividade e a agilidade nas entregas pode oferecer mais oportunidades de negócios. Mais veículos podem aumentar a eficiência do transporte e a satisfação do cliente, melhorando os lucros.

Como expandir sua frota de caminhões?

Vamos dar algumas dicas para você expandir frota de caminhões se chegou à conclusão de que essa será uma ação estratégica para o seu negócio. Confira!

Faça um planejamento

O primeiro passo é fazer um planejamento para traçar estratégias e técnicas que se ajustem aos objetivos de sua empresa. Considere a sua gestão e o que o mercado atual exige.

É fundamental definir uma política de gerenciamento de uso, pois isso ajudará a determinar as manutenções periódicas, a operação de cada caminhão, as responsabilidades dos motoristas e o tamanho da frota, pois ela deve satisfazer completamente à empresa, sem faltas ou excessos.

Analise as suas necessidades

A compra de caminhões está diretamente relacionada com as necessidades do negócio. É preciso identificar quantos veículos serão necessários para supri-las.

Além disso, é importante avaliar determinados pontos, como capacidade, tamanho e potência de cada caminhão — assim, você evita gastar dinheiro com veículos que não têm as características necessárias para as atividades que precisam desenvolver.

Considere a capacidade financeira do negócio

Outro aspecto relevante e fundamental é a elaboração de um orçamento que respeite os limites financeiros da empresa. Como já realçamos, você deve expandir a frota de caminhões com o objetivo de melhorar a produtividade, aumentar o negócio, obter mais eficiência e segurança e aproveitar novas oportunidades. Isso significa que não convém aplicar capital além do que a empresa suporta, pois isso poderia representar prejuízo e não um investimento.

Os veículos envolvem despesas recorrentes, relativas a manutenções, tributos, seguros, combustível e outras coisas. Não se trata apenas de comprar o caminhão, mas de mantê-lo.

Os custos que envolvem a compra e a manutenção em geral devem fazer parte de seu orçamento, bem como a margem de lucro que pode ser gerada com essa aquisição.

Analise as formas de aquisição

Finalmente, você deve avaliar qual a melhor forma de aquisição do produto. Existem duas maneiras básicas de comprar um caminhão: à vista e a prazo.

Comprar à vista veículos caros nem sempre é viável e nem sempre é possível. O financiamento torna-se, dessa forma, uma boa saída.

Na verdade, em um financiamento, o pagamento do veículo é feito à vista por algum banco à concessionária. Ele empresta o dinheiro ao cliente, que paga o valor em parcelas mensais embutidas com juros e outros encargos durante um prazo especificado em contrato. Geralmente, é preciso dar uma entrada e parcelar o restante do valor.

Outra opção é o consórcio. Você paga um valor mensal por um determinado período, em que são realizados sorteios e lances para oferecer a carta de crédito. Com ela, você compra o seu caminhão à vista, pois a administradora do consórcio faz o pagamento integral à concessionária. Não é preciso dar entrada e nem se aplicam juros nas parcelas, mas existe uma taxa de administração e reajustes anuais que garantem o poder de compra do consumidor.

Expandir frota de caminhões é uma boa estratégia e, muitas vezes, uma necessidade. Com veículos novos e uma frota maior, você poderá reduzir despesas, descomplicar o controle operacional, contar com maior disponibilidade de veículos e maior alcance das operações e reduzir problemas logísticos de carga parada e de estoque.

Gostou dos esclarecimentos? Tirou as suas dúvidas sobre expansão de frota? Aproveite e curta a nossa página no Facebook para acompanhar as novas publicações!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.